• +351 968 032 440

Demonstração dos Resultados por Natureza – 2ª Parte

Imparidades de Inventários, de Perdas e Reversões que divulgam as imparidades em inventários reconhecidas num dado período.

Comecemos por dar um simples exemplo prático relativo a uma dada mercadoria, nos anos n e n+1:

Em n: PV: €1.000
Custo unitário: €1.100
Perda por imparidade: €100

Em n+1: PV: €1.050

Tendo em conta que a reversão só poderá ser efetuada até ao limite do ajustamento anteriormente reconhecido, este exemplo carece de ser reconhecido como uma reversão de imparidade no montante de €50 (registada com sinal o +), pois as imparidades das dívidas a receber (perdas e reversões), tal como as Imparidades de Inventários, de Perdas e Reversões, refletem a redução do valor ativo quando se estima não recuperar quantias credoras.

De referir, também, que as Provisões (Aumentos e Reduções) evidenciam a quantidade correspondente aos movimentos do período resultantes da criação, reforço, utilização ou redução (reversão) das provisões de diversa natureza, nomeadamente para garantias a clientes com processos judiciais em curso, acidentes de trabalho e doenças profissionais e que as Outras Imparidades (Perdas e Reversões) têm caráter residual.

Há quem diga que a aplicação do denominado justo valor é uma porta aberta ao subjetivo, à aludida «volatilidade», à dança dos lucros e perdas pelos ajustes tão ardilosamente executados pelos especuladores.

Porém, tais oscilações, que podem ser positivas ou negativas, originando ganhos ou perdas (Aumentos e Reduções de Justo Valor), tendem a registar alterações no Justo Valor, verificadas no período, somente em instrumentos financeiros, investimentos financeiros e em propriedades de investimento.

Se, por um lado, a rubrica Outros Rendimentos e Ganhos (de caráter residual) divulga os ganhos e rendimentos realizados que não foram considerados nas rubricas anteriores, tais como os rendimentos suplementares (aluguer de equipamento, estudos, projetos e assistência tecnológica, royalties, etc.), descontos de pronto pagamento obtidos, recuperação de dívidas a receber, ganhos e inventários, rendimentos e ganhos em ativos financeiros e em investimentos não financeiros, correções relativas a exercícios anteriores, excesso de estimativa para impostos, imputação de subsídios a investimentos, ganhos em outros instrumentos financeiros e restituição de impostos; a rubrica Outros Gastos e Perdas (de caráter residual) divulga os gastos e perdas realizados, tais como impostos, taxas, descontos de pronto pagamento concedidos, dívidas incobráveis, perdas em inventários, gastos e perdas nos investimentos financeiros e em investimentos não financeiros, correção relativas a exercícios anteriores, donativos, quotizações, ofertas e amostras de inventários, insuficiências de estima para impostos e perdas em instrumentos financeiros.

A rubrica Gastos e Reversão de depreciação e amortização evidencia a depreciação (ativos fixos tangíveis) e as amortizações (ativos intangíveis) referentes ao período e reflete, também, as reversões (reduções ou anulações) de depreciação e amortização (o valor poderá ser negativo ou positivo).

Por sua vez, a rubrica Juros e Rendimentos similares obtidos reflete os rendimentos obtidos pela aplicação de quantias de financiamento obtidos e ainda não utilizados.

Os Juros e Gastos similares suportados são os custos dos empréstimos obtidos, sendo os custos dos juros e outros incorridos por uma entidade (relativos ao período de empréstimo de fundos), contabilizados como gastos do período.

Porém, se o empréstimo se destina a financiar a aquisição, a construção ou produção de um ativo que se qualifica (se deste resultar um benefício económico futuro), os encargos financeiros poderão ser incluídos nos valores dos ativos.

Caso contrário, serão considerados gastos do período.

1095 Visitas
Luís Lopes

Consultor Financeiro

Email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Contacte-nos! Queremos Ultrapassar as suas expectativas!

  Mail is not sent.   Your email has been sent.
Top

ESPERE!

Inscreva-se e receba informações úteis do nosso Blog.

Mantenha-se atualizado!


Os seus dados não serão partilhados com terceiros e só serão utilizados para que receba artigos e novidades do BusinessPoint.PT durante 1 ano

Este website utiliza cookies.

Ao navegar neste website, você aceita a sua utilização. Saber mais.