• +351 968 032 440

Os 8 erros mais comuns na criação de uma página de facebook

Alguns erros podem parecer óbvios, mas continuam a ser cometidos por muitos.

Vou descrever neste artigo os 8 principais erros que prejudicam a imagem da empresa, são por isso os mais comuns e também os mais graves.

1 - Falta de definição do publico alvo

Sem definir o seu público alvo, dificilmente irá progredir positivamente na dinamização da sua página. Na verdade é a mesma coisa que não ter, pois não tem qualquer utilidade. Não vai gerar vendas e o tempo investido será tempo perdido.

2 - Falta de consistência e persistência

Ao contrário de alguns anos atrás, em que criar uma página gerava milhares de fãs com facilidade, hoje as coisas evoluíram e conquistar likes dá muito mais trabalho e dedicação. A escolha das imagens, a consistência dos conteúdos e o foco são fundamentais, pois de outra forma não iremos "convencer" ninguém. Além disso, se não for persistente e "presente", rapidamente cairá no esquecimento.

3 - Pouco cuidado com as imagens

Baixa resolução, imagens desfocadas ou cores inadequadas são requisitos de imagem que são fundamentais para o sucesso. A qualidade das imagens que publica traduz, à primeira vista a qualidade do seu profissionalismo.

4 - Pouca informação no separador "Sobre"

Por muito básico que pareça ser, ainda muitas pessoas deixam a área "sobre" vazia ou com informação insuficiente. Esta ação é altamente punível pelos visitantes. Desacreditam de imediato se a informação sobre a marca não está disponível. Se tem credibilidade vai identificar quem é e como pode ser contactado.

5 - Não indicar endereço de website

A página de facebook é um dos principais canais que enviam utilizadores para o seu Website. Diz a regra que 70% das publicações devem ser de conteúdo informativo ou educacional. Esta oportunidade deve ser explorada no seu máximo uma vez que os conteúdos do seu próprio website ou blog são a mais adequada fonte de informação para ser partilhada na página de facebook.

6 - Não observar o comportamento do público

Com o passar dos dias, o público vai dar-lhe todas as indicações da tendência e interesses. A área de estatísticas do facebook deve ser utilizada para recolher a informação desejada, ou seja, como o público interagiu consigo. Um exemplo claro é quando o administrador da página insiste em publicar conteúdos que não surtem qualquer reação por parte dos utilizadores.

7 - Deixar os fãs sem resposta a comentários

Seja comentar o comentário, seja um simples "gosto" no comentário do autor, deve sempre existir da parte do criador do conteúdo uma reação à ação. Deixar os visitantes sem resposta é o mesmo que virar as costas a quem nos estende a mão. Pagará em curto espaço de tempo, com a mesma moeda.

8 -  Não investir em anúncios

O facebook redefiniu a sua estratégia de forma a "obrigar" o utilizador a comprar divulgação. Conte com um plafon mensal para investir em anúncios. De outra forma a visibilidade será, provavelmente, muito baixa. Todavia defina muito bem as configurações e filtros do publico a alcançar. Não desperdice seu dinheiro.

Se tiver alguém na sua empresa dedicado somente a redes sociais, invista nele.

Se não tiver alguém recomendamos vivamente, contacte um profissional!

SAIBA MAIS

246 Visitas
Tag :
Pedro Martins

Programador Web e Empreendedor

Email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Contacte-nos! Queremos Ultrapassar as suas expectativas!

  Mail is not sent.   Your email has been sent.
Top

ESPERE!

Inscreva-se e receba informações úteis do nosso Blog.

Mantenha-se atualizado!


Os seus dados não serão partilhados com terceiros e só serão utilizados para que receba artigos e novidades do BusinessPoint.PT durante 1 ano

Este website utiliza cookies.

Ao navegar neste website, você aceita a sua utilização. Saber mais.